Missionários da Consolata são ordenados diáconos na Diocese de Roraima

Os jovens missionários foram ordenados diáconos em celebração realizada no município de Normandia
Missionários da Consolata são ordenados diáconos na Diocese de Roraima
Pascom - Diocese de Roraima

Nesse domingo, 01, primeiro domingo do Mês de Oração Pelas Vocações, a Diocese de Roraima realizou a ordenação diaconal de três jovens missionários do Instituto Missões Consolata, que fazem sua missão na região da Raposa Serra Do Sol, no município de Normandia. Os missionários José Brás, Luís Boina E Filbert Nkanga assumiram o ministério de serviço à igreja.

Ao se tornarem diáconos, os missionários recebem a graça sacramental específica, que é força e dom para servir ao povo de Deus no serviço da liturgia da palavra, da liturgia eucarística e na caridade em comunhão com o bispo e seu presbitério.

A celebração foi um momento histórico para a Diocese de Roraima, em especial a Paróquia Nossa Senhora de Nazaré, no município de Normandia. Em seu discurso de agradecimento, lido pelo, agora, diácono Luís Boina, os missionários agradeceram a Deus pela vocação a eles conferida.

“Agradecemos primeiramente a Deus pelo dom da vida, da vocação e por tudo que Ele tem realizado em nossas vidas. Ele nos escolheu, nos retirou do meio do povo, nos capacitou e agora nos envia para uma nova missão”, disse o diácono.

Os missionários também manifestaram sua gratidão a todos os leigos por suas orações e pela organização da celebração de sua ordenação diaconal. “Agradecemos a todo o povo de Deus que há anos nos acompanha nas orações e amizade, nos ajudando na perseverança e incentivo para nossa caminhada vocacional. Todos vocês são os que nos dão o impulso para perseverar em meio às provações que a vida nos apresenta”, afirmou.

Também esteve presente na celebração o supervisor regional do Instituto Missões da Consolata, padre Cláudio. Ele manifestou o agradecimento à Diocese de Roraima pelo acolhimento aos, agora, diáconos e também a todos os missionários da Consolata que estão em missão aqui em Roraima. O padre também motivou as comunidades a rezarem por mais vocações ao sacerdócio no estado.

“Que bom seria se cada uma de nossas comunidades oferecessem a Deus uma vocação à vida sacerdotal, religiosa, missionária... Então fica esse desafio deveremos pensar um pouquinho mais, sobretudo, intensificar nossas orações pelas vocações em nossas comunidades, nossas paróquias”, incentivou o supervisor regional.

Dom Mário Antônio, bispo da Diocese de Roraima, reforçou a motivação por novas vocações religiosas. “Vamos aproveitar o mês de agosto para falar de vocação nas nossas famílias. Pergunte ao seu filho se ele quer ser padre, pergunte a sua filha se ela quer ser religiosa. Que as famílias sejam promotoras de vocações pela oração, pelo diálogo e pelo testemunho”.

 

O bispo também incentivou os jovens vocacionados ao matrimônio a construírem famílias santas, obedientes à vontade de Deus. “A você jovem que escolheu o namoro, o noivado e quer constituir uma família, que Deus abençoe e faça isso com seriedade, com compromisso porque a vida de família é uma vida sagrada e queremos que nossas famílias sejam também caminho de vocação”, finalizou.

Parabenizamos os novos diáconos da igreja e pedimos a intercessão do bem aventurado José Allamano, que é o fundador do Instituto Missões Consolata e também dá nome à Fundação Educativa Cultural, a qual a Rádio Monte Roraima FM pertence, por sua vocação e ministério.

Fonte(s): Redação