NOTA DE SOLIDARIEDADE - IRMÃ TELMA LAGE

"Estar em missão é o melhor caminho da conversão." Ir. Telma Lage

NOTA DE SOLIDARIEDADE - IRMÃ TELMA LAGE
Arquivo pessoal

Telma Cristina Lage dos Santos, nasceu em 23 de fevereiro de 1972, em Itabira, Minas Gerais, filha de José Maria dos Santos e Maura Lage dos Santos. Em 1997, iniciou sua caminhada vocacional na Congregação das Religiosas Missionárias de Nossa Senhora das Dores, entrou no Postulantado em 15 de setembro daquele mesmo ano, em Belo Horizonte/MG. Fez o Noviciado no ano de 1999 em Belo Horizonte, onde professou seus Primeiros Votos em 02 de fevereiro de 2002. Em 31 de julho de 2009, na cidade de Itabira/MG, professou seus Votos Perpétuos.

Concluída a etapa da Formação Inicial, Irmã Telma Cristina Lage dos Santos foi enviada em missão para a Diocese de Rui Barbosa, em Itaeté/BA, cidade de onde colaborou com formação de lideranças e atuou em diversa pastorais. Em janeiro de 2006, Irmã Telma foi enviada ao Rio de Janeiro para trabalhar no Instituto Nossa Senhora das Dores, onde dedicou-se às diversas atividades do colégio, local onde permaneceu até dezembro de 2006.

Retornou a Belo Horizonte para compor a Comunidade Irmã Douraci onde se dedicou aos trabalhos pastorais, permanecendo até 2008. Em 2008, foi enviada à Comunidade Santa Terezinha em Formosa/GO para coordenar o Projeto Social Irmã Gema Galgani, permanecendo até o ano de 2010. Nesta mesma cidade fez parte da Comunidade Santa Joana D'Arc, realizando atividades no Colégio São José de 2011 a 2013.

Em 2013, Irmã Telma Lage foi enviada em missão para a Comunidade Nossa Senhora da Amazônia, na Diocese de Roraima. Uma resposta ao apelo do então Bispo Dom Roque Paloschi feito à Conferência dos Religiosos do Brasil/CRB, que marcou a celebração do Centenário da Congregação. Com gratidão queremos continuar contando com a presença missionária das Religiosas de Nossa Senhora das Dores em nossa Diocese.

Irmã Telma Lage era conhecida por sua firmeza, mas sobretudo por sua sensibilidade, de modo particular, com os mais Pobres. Dedicou-se à formação e acompanhamento dos Jovens e recentemente havia sido eleita assessora da Pastoral da Juventude do Regional Norte 1 Amazonas/Roraima. Coordenou com muita sabedoria e dedicação o Centro de Migrações e Direitos Humanos (CMDH) da Diocese de Roraima, acolhendo os migrantes e provendo suas necessidades iniciais, mas para além disso, fez de cada um dos migrantes que aqui chegou, seu irmão mais próximo, ao qual dedicou seu amor, sua ternura, seu tempo e sua vida.

Irmã Telma Lage colocou sua formação de advogada a serviço da luta pelos Direitos Humanos, Justiça Social e defesa da Casa Comum. Sua vida destemida, simples e engajada é um sinal de profecia e esperança em uma sociedade individualista e desigual. Que seu testemunho brilhe para nós como um sinal eloquente do amor a Deus e aos irmãos. A Diocese de Roraima em comunhão solidária com a Congregação e familiares de Irmã Telma Lage, agradece sua audácia, sua coragem, sua resistência, sua fidelidade, sua doação, sua dedicação e sua perseverança, e roga a Deus Pai: "Dai-lhe, Senhor, o eterno descanso. Entre os esplendores da luz perpétua. Descanse em paz!". Que Nossa Senhora das Dores nos socorra em nossa dor e sofrer e nos ajude a abraçar a certeza de Ressureição e de aurora de uma terra sem males, que vem cada manhã.

Boa Vista-RR, 23 de junho de 2021.

Dom Mário Antonio da Silva - Bispo de Roraima

Fonte(s): DIOCESE DE RORAIMA
  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Veja também

\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\
Publicidade
Publicidade

Mande um alô ou faça seu pedido musical

Esse site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar o acesso, você concorda com nossa Política de Privacidade. Para mais informações clique aqui.